Leitura de rótulos – parte I

A leitura atenta dos rótulos dos alimentos processados torna-se cada vez mais importante no meio de tanta escolha e de tantas alegações alimentares/nutricionais que, na maior parte dos casos, têm apenas uma intenção: fazer-nos pegar no produto de forma automática, sem nos preocuparmos com mais nada! “Então ele não alegava que tinha X ou Y, que faz bem à saúde?” talvez sim… talvez não….

1

Vamos começar pela Lista de ingredientes. Autênticas listas telefónicas, não acham? Pois, quando maior ela for, mais processamento o alimento sofreu e por esta razão devemos tentar optar por alimentos com listas menores e o mais naturais possíveis.

Na lista de ingredientes devem constar:

  1. Todos os ingredientes que fazem parte do produto, sendo obrigatório por lei esta descrição;
  2. Os ingredientes devem estar ordenados por ordem decrescente de peso, ou seja, dos ingredientes em maior quantidade para os em menor quantidade. Ingredientes como açúcar e gorduras devem vir mais para o fim da lista;
  3. Se foram adicionados aditivos, estes têm de constar na lista de ingredientes designados pela categoria a que pertencem + seu nome específico (ex. antioxidante (L-ácido ascórbico)) ou pela categoria a que pertencem + letra E seguida de um número (ex. antioxidante (E 300)).

Os aditivos alimentares são substâncias que foram adicionadas ao alimento, de forma intencional, durante o fabrico, transformação, preparação, tratamento, acondicionamento, transporte ou armazenamento. Podem ter ou não valor nutricional e o seu uso deve ser feito em quantidades limitadas, de acordo com o alimento. Podem ser do tipo: corantes (E1…), conservantes (E2…), antioxidantes (E3…) e emulsionantes/ estabilizantes/espessantes/gelificantes (E4…).

Não posso deixar de referir o caso do açúcar, ingrediente que pode aparecer sob diversas designações e várias vezes, ao longo da mesma lista de ingredientes. Estejam atentos a nomes como: Glicose – Glucose – Sacarose – Fructose – Maltose – Lactose – Dextrose – Maltodextrinas – Xarope de açúcar – Xarope de milho – Xarope de Agave – Xarope de arroz – Açúcar Invertido – Açúcar mascavado – Melaço – Mel. Evitar alimentos que o tenham logo no início da lista e/ou várias vezes ao longo da mesma lista.

Evitar alimentos com gordura saturada, gordura trans (gordura parcialmente hidrogenada e gordura hidrogenada), que são prejudiciais à saúde, sendo factor de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Da próxima vez que forem ao supermercado já sabem, leiam o rótulo e com atenção!!! A lista de ingredientes pode revelar muita coisa, que uma capa apelativa não deixa antever.

Boas compras!

NutripontoCome

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s